• notavelabrantes

Olhares | Igreja de S. João Baptista

15 de fevereiro de 1620.


Em Abrantes, no "tabelião Francisco Cassão, é registado um contrato notarial pelo qual o mestre pedreiro Miguel Fernandes, morador n'A das Brancas junto à Batalha (Leiria), se obrigava perante o reitor e escrivão das obras da igreja de S. João a dar setenta carradas de pedraria lavrada, de Boleiros, para aplicar em certas partes da dita igreja, conforme a traça que foi mostrada, pelo preço de dois cruzados cada carrada." (1)


__________

Fonte:

(1) "História Cronológica do Concelho de Abrantes - da Pré-História a 1916", Joaquim Candeias da Silva - CMA



+ sobre S. Vicente, S. João e Alferrarede.


Acompanhe o Notável Abrantes no Facebook e Instagram!

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo