• notavelabrantes

#patrocinado | Mourões

Setembro de 1811.



"Nos meses de Setembro, Outubro e Novembro (de 1811) decorre na margem sul do Tejo, no Rossio, a construção dos pegões de pedra e cal, com madeira por cima, para a ponte militar de barcas, constituindo assim um segundo suplemento na ocasião das enchentes.


O Rossio ganha assim mais vida, com a crescente movimentação de trânsito. Também ali se constrói, fora da ponte-cais, um estaleiro para as barcas, 40 ao todo (37 para as cheias e 3 sobressalentes); e surge um grande depósito de “reserva de géneros”. Mas a ponte duraria pouco tempo... Hoje restam do edifício apenas alguns pilares, vulgo “Mourões”." (1)

Fonte: (1) "História Cronológica do Concelho de Abrantes - Da Pré-História a 1916", de Joaquim Candeias Silva - CMA



+ sobre S. Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo.



Visite o nosso canal no Youtube: aqui.

Acompanhe o Notável Abrantes no Facebook e Instagram!

29 visualizações

Posts recentes

Ver tudo