top of page
  • notavelabrantes

Olhares | António Botto

#contamoscomasuavisita



Em novembro de 1923 António Botto publica Motivos de Beleza e, no ano seguinte, Curiosidades Estéticas e Os Contos de António Botto, para Crianças e Adultos.


___________________________


António Botto nasce no dia 17 de agosto de 1897, em Concavada, tendo falecido em 17 de março de 1959, no Rio de Janeiro, vítima de atropelamento.


"António Botto nasceu em 1897 no concelho de Abrantes, em meio proletário, e ainda em criança foi viver para Lisboa. A sua estreia literária dá-se em 1921, ano em que é publicada a primeira edição de Canções, com prefácio de Teixeira de Pascoaes, obra inovadora na lírica portuguesa e que na época causou grande polémica pelo seu teor explicitamente homossexual. Além de poeta, Botto foi também contista e dramaturgo. Os seus contos infantis foram traduzidos para inglês (1935) e irlandês (1941), e parte da sua obra poética foi traduzida por Fernando Pessoa com o título Songs, em 1948. Pessoa foi também seu editor e defensor crítico, tendo o ensaio «António Botto e o Ideal Estético em Portugal» (Contemporânea, 1922) influenciado fortemente a receção crítica da sua poesia. Ostracizado em Portugal, Botto radicou-se no Brasil em 1947, onde passou tempos muito difíceis, vindo a morrer de atropelamento no Rio de Janeiro, em 1959." (1)


Fonte:

(1) assirio.pt


___________________________


+ sobre Alvega e Concavada.



Visite o nosso canal no Youtube: aqui.

Acompanhe o Notável Abrantes no Facebook e Instagram!

15 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page