• notavelabrantes

José Luís Peixoto visitou a Oliveira do Mouchão

"Está nas Mouriscas, no fim de uma rua, no começo do campo".



"3350 anos, invernos e verões, o frio do janeiro mais frio, o calor do agosto mais tórrido, e todas as noites, saber viver com esse silêncio, essa solidão. Uma árvore como a oliveira do Mouchão só pode fazer amizade com o céu, tudo o resto é demasiado efémero.

(...)

Na história do mundo, sem que ninguém o distinguisse, houve um dia em que um caroço de azeitona pegou, encontrou fertilidade em si próprio, rasgou-se de dentro para fora, decidiu ser mais. Esta árvore de 3350 anos é ainda consequência dessa vontade."



O escritor José Luís Peixoto visitou a nossa histórica oliveira, em Mouriscas, e deixou-nos um retrato do que viu, apimentado por uma escrita, como só ele sabe fazê-lo.



Como chegar: 39°28'23"N 8°04'50"W


Espreite o trabalho completo: aqui.


+ sobre Abrantes.


Acompanhe o Notável Abrantes no Facebook e Instagram!

Sobre nós

Aqui

 

2020 Criado por www.momentosdigitais.com